30 de mai de 2010

REUNIÕES PÚBLICAS DE JUNHO DE 2010

DIA 1 - Terça - feira - 14:00 hs - A Vontade - Maria Fausta

DIA 4 - Sexta-feira - 20:00 hs - Perdão e Auto Perdão - Bianca Cirilo

DIA 5 - Sábado - 17:30 hs - Aprendendo com André Luiz - Wantuil Rodrigues

DIA 8 - Terça-feira - 14:00 hs - Crueldade - LE, 752 a 756 - Luiz Fernando

DIA 11 - Sexta-feira - 20:00 hs - Aquele que se eleva será rebaixado - EV. Cap. VII, ítens 3 a 5 - Aída Paulo

DIA 12 - Sábado - 17:30 hs - Relações Afetivas e Doutrina Espírita - Ananda Salermo

DIA 15 - Terça-feira - 14:00 hs - O Orgulho e a Humildade - EV. Cap. VII, ítens 11/12 - Maria José

DIA 18 - Sexta-feira - 20:00 hs - Duelo - LE. 757 a 759 - Bruno Toscano

DIA 19 - Sábado - 17:30 hs - Mistério Oculto aos Doutos e aos Prudentes - EV. Cap. VII, 7 a 10 - Ivone Maria

DIA 22 - Terça-feira - 14:00 hs - Missão do Homem Inteligente - EV. Cap. VII, item 13 - Lêda Lúcia

DIA 25 - Sexta-feira - 20:00 hs - Cartas de Paulo - Ângela Vidal

DIA 26 - Sábado - 17:30 hs - Necessidade da Vida Social - LE, 766 a 768 - Carmem Lúcia

DIA 29 - Terça-feira - 14:00 hs - Estudando o Livro "A Caminho da Luz"- Ivone Maria

20 de mai de 2010

ESTUDANDO O "LIVRO DOS ESPÍRITOS"

Quantas vezes nos perguntamos sobre a aplicação das Leis feitas pelo homem? Seriam elas realmente necessárias? Por qual motivo seriam tão instáveis? De que forma poderíamos reformá-las? E o que dizer da severidade das leis penais? As respostas se encontram no "Livro dos Espíritos".

LIVRO DOS ESPÍRITOS - Parte terceira, cap VIII (Lei do Progresso, Progresso da Legislação Humana, perguntas 794 a 797.


794 - A sociedade poderia ser regida só pelas leis naturais sem a colaboração das leis humanas?

– Poderia se as compreendesse bem, se o homem tivesse vontade suficiente para praticá-las; mas a sociedade tem suas exigências e precisa de leis particulares.

795 - Qual a causa da instabilidade das leis humanas?

– Nos tempos da barbárie, são os mais fortes que fazem as leis, e as fazem para se beneficiarem. Foi preciso modificá-las muito, à medida que os homens compreenderam melhor a justiça. As leis humanas são mais estáveis quanto mais se aproximam da verdadeira justiça, isto é, conforme sejam as mesmas e iguais para todos e se identifiquem com a lei natural.

☼ A civilização criou para o homem novas necessidades, relativas à posição social em que vive. Devem-se regular os direitos e os deveres dessa posição por leis humanas. Mas sob a influência de suas paixões, freqüentemente, criou direitos e deveres imaginários que a lei natural condena e que os povos apagam de seus códigos à medida que progridem. A lei natural é imutável, é a mesma para todos; a lei humana é variável e progressiva; somente pôde consagrar, na infância das sociedades, o direito do mais forte.

796 - A severidade das leis penais não é uma necessidade no estado atual da sociedade?

– Uma sociedade depravada certamente tem necessidade de leis mais severas. Infelizmente, essas leis mais se destinam a punir o mal depois de feito em vez de secar a fonte do mal. Só a educação pode reformar os homens, que então não terão mais necessidade de leis tão rigorosas.

797 - Como o homem poderia ser levado a reformar suas leis?

– Isso ocorre naturalmente pela força das coisas e a influência dos homens de bem que o conduzem no caminho do progresso. Já se reformaram muitas e se reformarão outras. Esperai!

A ORAÇÃO

"Elevemo-nos pela prece.
A oração é recurso que proporciona paz, rebate as trevas, acalma as paixões e conduz com segurança ao porto final. No turbilhão da vida cotidiana os espaços dedicados à prece funcionam com terapia valiosa para a preservação da saúde mental, emocional e física: por conseqüência, para o bem estar do Espírito. Quando alguém ora, rompe as barreiras do infinito e ala-se na direção do incomensurável.
Orar é superar a concha limitadora da pequenez e expandir-se como luz, que não encontrando obstáculos, propaga-se incessantemente.
Orando, Jesus comungava com Deus. Orando, Francisco comungava com Jesus. Orando, a alma comunga com a vida. Nessa comunhão, abriremos oportunidades luarizantes para os que estão nos sofrimentos. O intercâmbio mediúnico, em oração, faz-se como fenômeno natural, enriquecedor, que propicia equilíbrio geral.
Oremos, portanto, mais do que nunca, em se considerando as circunstâncias graves que todos vivemos no contexto do planeta. Estejamos orando, desencarnados ou não, e que a nossa seja a prece de louvor, de gratidão e de apelo a Deus, pela harmonia geral".

Autor: João Cleofas
Psicografia de Divaldo Franco

17 de mai de 2010

CANTINHO DA POESIA

O "Cantinho da Poesia" de hoje traz um poema de autoria de Emmanuel, psicografado pelo médium Francisco Cândido Xavier, publicado no Jornal Município de Pitangui, n 25, em setembro de 1991. No texto, Emmanuel descreve os momentos difíceis, ressaltando a importância de manter a tranquilidade durante os obstáculos e lembrando que eles passam.

--------------------------------------------------------------

NUNCA ESMOREÇAS
EMMANUEL / CHICO XAVIER


Alma fraterna, recorda:
Os momentos infelizes
parecem noites de crises
Em que o céu lembra um vulcão;

Ribombam trovões no espaço,
Coriscos falam da morte,
Passa irado o vento forte,
Tombando troncos no chão...

Os animais pequeninos
Gritam pedindo socorro
Descendo de morro em morro,
Cai a enxurrada a correr...

Mas finda a borrasca enorme,
No escuro da madrugada,
Em riscas de luz dourada,
Vem o novo amanhecer.

Assim também na vida,
Se atravessas grandes provas,
Na estrada em que te renovas,
Guarda a calma ativa e sã;

Sofre, mas serve e caminha,
Vence a sombra que te invade,
Se a hora é de tempestade,
Há novo dia amanhã...

12 de mai de 2010

CANTINHO DA POESIA

A definição direta do dicionário é incapaz de traduzir a beleza da palavra: 'poesia é a arte de fazer obras em verso'. Mas para quem aprecia, o significado vai além. Tem a ver com a sensação agradável que se tem ao ler um poema capaz de nos fazer refletir positivamente. E o que pensar então da união entre poesia e Espiritismo? A resposta desta pergunta pode ser encontrada após a leitura de cada poema espírita. E, para inaugurar o nosso "Cantinho da Poesia", selecionamos um texto em homenagem a Allan Kardec de autoria de Amaral Ornellas - poeta, jornalista, dramaturgo e médium espírita brasileiro.
---------------------------------------------------------------
HOMENAGEM A ALLAN KARDEC
AMARAL ORNELLAS/CHICO CHAVIER

Trouxeste, Allan Kardec, à longa noite humana
O Cristo em nova luz - revivescida aurora! -
E onde estejas serás, eternidade afora,
A verdade sublime em que o mundo se irmana.

Em teu verbo solar, a justiça se ufana
De aclarar, consolando, o coração que chora,
A fé brilha, o bem salva, a estrada se aprimora
E a vida, além da morte, esplende soberana! ...

Escuta a gratidão da Terra ... Em toda parte,
A alma do povo freme e canta ao relembrar-te
A presença estelar e a serena vitória.

Gênio, serviste! Herói, exterminaste as trevas! ...
Recebe com Jesus, na glória a que te elevas,
Nosso preito de amor nos tributos da História.

7 de mai de 2010

HOMENAGEM AO DIA DAS MÃES


"Mãezinha querida:

Lembro-me de ti, quando acordei para recordar.

Debruçada ao meu berço, cantavas baixinho e derramavas no meu rosto pequeninas gotas de luz, que, mais tarde, vim a saber serem lágrimas.

Aconchegaste-me ao colo, como se me transportasses a brando ninho, e, desde então, nunca mais me deixaste.

Quando os outros iam à festa, velavas comigo, ensinando-me a pronunciar o bendito nome de Deus... Noutras ocasiões, trabalhavas, de agulha aos dedos, contando histórias de bondade e alegria, para que eu dormisse sonhando...

Se eu fugia, quebrando o pente, ou se voltava da escola com a roupa em frangalhos, enquanto muito gente falava em castigo, afogavas minhas mãos entre as tuas ou beijavas os meus cabelos em desalinho.

Depois cresci, vendo-te ao meu lado, à feição de um anjo entre quatro paredes... Cresci para o mundo, mas nunca deixei de ser, em teus braços, a criança pela qual entregaste a vida.

E, até agora, dia a dia, esperas, paciente e doce, o momento em que me volto para teus olhos, sorrindo para mim e abençoando-me sempre, ainda mesmo quando os meus problemas te retalhem o peito por lâminas de aflição!...

Hoje, ouvi a música dos milhões de vozes que te engrandecem...

Quis apanhar as constelações do Céu e misturá-las ao perfume das flores que desabrocham no chão, para tecer-te uma coroa de reconhecimento e carinho, mas, como não pudesse, venho trazer-te as pétalas de amor que colhi em minh’alma.

Recebe-as, Mãezinha!... Não são pérolas, nem brilhantes da Terra... São os lágrimas de ternura que Deus me deu para que te oferte o meu próprio coração, transformado num poema de estrelas".
Meimei
---------------------------------------------------------------

"Mãezinha querida:

No seu dia abençoado, quando tantos salões se abrem, festivos, para glorificarem seu nome, quero contar-lhe que é em você que penso todos os dias.

Quando volto à casa, depois dos estudos, com os dedos manchados de tinta, penso em você para guardar meus livros e lavar minhas mãos.

Quando alguém me aborrece ou magoa, corro para você com o desejo de ocultar-me em seu colo.

Quando o cansaço me encontra, cada noite, busco você para dormir tranquilamente.
Mãezinha, quando eu errar, não me abandone... Ampare-me nas asas doces dos seus braços e ensina-me a andar no caminho reto.

Você ainda não viu quanto a amo ? Fico triste se você chora e estou alegre quando você sorrir.
Por onde vou, sua imagem está sempre comigo, porque você é o Anjo que Deus colocou na terra para guiar meus passos.

Adoro você, estou em seu carinho, como a flor no coração amoroso da árvore...
Por isso, Mãezinha querida, penso em você, não somente hoje, mas sempre, eternamente".
Meimei