30 de dez de 2011

CANTINHO DA MÚSICA

MENSAGEM DE ANO NOVO

Queridos e Queridas,



O vídeo acima traduz o nosso desejo de que 2012 seja um ANO DE MUITA PAZ! Paz de Espírito, Paz na consciência, Paz nas atitudes, Paz nos pensamentos, Paz nas palavras, Paz no seu coração!!!Pois como diz Nando Cordel: " A Paz do mundo começa em mim..."

Que tenhamos todos nós um 2012 cheio de boas realizações.
Com carinho,

Amigos do CEAO.

Colaboração de nossa companheira Eliane Fonseca.

27 de dez de 2011

MINUTOS DE SABEDORIA





24


SE alguém queixar-se da vida a seu lado, responda com palavras de encorajamento.Não aumente o peso a quem já sente demasiado o peso que carrega.Se alguém se lamenta da vida, procure mostrar os lados bons e belos da existência.Não contribua com suas própias lamentações para o desânimo do companheiro.Reanime-o com esperança e com bom ânimo, com palavras de incentivo e coragem.Talvez desse remédio dependa a cura de seu coração desa lentado.



Torres Pastorino

24 de dez de 2011

FELIZ NATAL

Que neste dia, possamos sintonizar os nossos corações em uma estação de paz, amor e de luz. Que Jesus possa ser lembrado, quando estivermos em família, e que a união se faça presente em nossos lares. Desejamos a todos vocês um Natal repleto de boas vibrações e reflexões positivas. Feliz Natal!!!

Amigos do CEAO

-------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
NAS ORAÇÕES DE NATAL

Rememorando o Natal, lembramo-nos de que Jesus é o Suprimento Divino à Necessidade Humana.
Para o Sofrimento, é o Consolo;
Para a Aflição, é a Esperança;
Para a Tristeza, é o Bom Ânimo;
Para o Desespero, é a Fé Viva;
Para o Desequilíbrio, é o Reajuste;
Para o Orgulho, é a Humildade;
Para a Violência, é a Tolerância;
Para a Vaidade, é a Singeleza;
Para a Ofensa, é a Compreensão;
Para a discórdia, é a Paz;
Para o egoísmo, é a Renúncia;
Para a ambição, é o Sacrifício;
Para a Ignorância, é o Esclarecimento;
Para a Inconformação, é a Serenidade;
Para a Dor, é a Paciência;
Para a Angústia, é o Bálsamo;
Para a Ilusão, é a Verdade;
Para a Morte, é a Ressurreição.
Se nos propomos, assim, aceitar o Cristo por Mestre e Senhor de nossos caminhos, é imprescindível recordar que o seu Apostolado não veio para os sãos e, sim, para os antigos doentes da Terra, entre os quais nos alistamos...
Buscando, pois, acompanhá-lo e servi-lo, façamos de nosso coração uma luz que possa inflamar-se ao toque de seu infinito amor, cada dia, a fim de que nossa tarefa ilumine com Ele a milenária estrada de nossas experiências, expulsando as sombras de nossos velhos enganos e despertando-nos o espírito para a glória
imperecível da Vida Eterna.

(Do livro "Os Dois Maiores Amores" - Francisco C. Xavier - Autores Diversos)

20 de dez de 2011

REFLEXÕES





NATAL DE JESUS


O mês de dezembro é muito especial! Comemoramos o Natal de Jesus. A benfeitora espiritual Joanna de Ângelis conta que seres angélicos, por amor ao Cristo, se aproximam da Terra e a psicosfera do planeta fica mais suave. O mundo cristão, neste mês, revive o dia do seu nascimento.
Os mais jovens talvez não conheçam o filme Ben Hur, um épico do cinema, vencedor de 11 estatuetas – o famoso “Oscar”. O filme (agora em DVD) tem início com a linda cena do nascimento de Jesus. Vale a pena conferir! É emocionante!

O Presépio:


Sempre gostei de presépios. Fazem lembrar do carpinteiro José, de sua esposa Maria, da estrela de Belém e da manjedoura que acolheu o menino tão esperado. Lembro também de Francisco, o “pobrezinho de Assis”, que no Natal de 1223, organizou numa gruta, local onde seria celebrada a Missa do Galo, uma reprodução das condições em que nasceu Jesus. Segundo conta a tradição, os moradores dos arredores levaram lanternas e velas e o bosque ficou todo iluminado. Francisco falou ao povo sobre o nascimento de Jesus e o significado do Natal. O momento foi tão inesquecível que no ano seguinte a cena se repetiu em vários lugares. Surgiu o presépio.
Séculos depois, Frei Fabiano de Cristo, no Rio de Janeiro, precisamente no largo da Carioca, no Convento de Santo Antonio, quis repetir Francisco. Na festa de Natal, Fabiano com a ajuda de algumas pessoas, organizou um presépio vivo, como Francisco havia feito. Os moradores quando souberam começaram a subir o morro onde ficava o convento, com pequenas lanternas, iluminando o caminho escuro. Fabiano aproveitou para falar de Jesus, o ilustre aniversariante e da importância do Natal.

O Tempo:
O tempo foi passando e o aniversariante foi sendo esquecido. No lugar dos presépios, representados nas lojas, praças ou nos shoppings surgiram casas com chaminés, meias penduradas nas janelas, neve, pacotes de presentes...E Jesus?
Li no jornal O Globo que, este ano, alguns shoppings no Rio e em São Paulo usarão O Sítio do Picapau Amarelo como tema de Natal. É uma homenagem aos 90 anos da publicação do primeiro livro de Monteiro Lobato, o grande escritor brasileiro, que merece ser homenageado. O Natal no Sítio é bem melhor do que a casa com lareira em dias de verão. Mas onde está o Menino Jesus, o aniversariante?

O significado do Natal:
“Natal é data sagrada,
Dia de paz e de luz,
Quando o mundo comemora
O nascimento de Jesus!”

Certa vez, participando com amigos que habitualmente fazem o Natal com moradores de rua, visitamos um senhor idoso, que em meio aos papelões de sua “casa” pediu que cantássemos “Noite Feliz”. Atendemos seu pedido. Foi um momento de muita emoção. As lágrimas começaram a rolar naquele rosto tão cansado! Sentimos as vibrações espirituais e uma sublime paz envolveu a todos naquele momento. Pouco tempo depois soubemos que “nosso vovô” havia desencarnado. Levou um “presente” tão singelo, mas saiu do coração. Ele queria ouvir falar de Jesus!

Algumas Casas Espíritas no dia 24 de dezembro abrem suas portas para uma reunião de preces pelo Natal. Uma feliz iniciativa para receber corações solitários que amam Jesus.




E os presentes?


Os presentes mais importantes são os abraços, as visitas fraternas, as trocas afetuosas de vibrações com os votos de paz, de alegria, de um Feliz Natal!”. Esse é o verdadeiro sentido do Natal!
Natal é convite à mudança! É possível mudar! Mudar dentro de nós, mudar no lar, na reunião familiar, não esquecendo os que estão na “manjedoura” até hoje. As ruas estão repletas de irmãos sem lar!
Que neste Natal a fraternidade franciscana tome conta dos nossos corações! Que a bandeira da caridade vivida por Fabiano de Cristo possa nos inspirar nessa mudança.
Meus amigos, confiemos em Jesus! Que Ele nos conceda a paz, e nos dê coragem e forças para realizarmos essa mudança, a caminho da Luz! Feliz Natal!



Fonte :Coluna Correio Mulher do Jornal Correio Espírita .

9 de dez de 2011

LANÇAMENTO DE LIVRO

O livro "Nossas Histórias", de Jayme Lobato, está sendo lançado pela Editora León Denis. A obra é composta por crônicas, que são o resultado dos temas que vão ao ar no Radioteatro Redenção, no programa Semeando Ideias. Fica a dica.

Estudando o" Livro dos Espíritos "

Parte Segunda – Mundo espírita ou dos espíritos
Capítulo 1 – dos Espíritos

Diferentes ordens de Espíritos

96 Os Espíritos são iguais ou há entre eles alguma hierarquia?
– Eles são de diferentes ordens, de acordo com o grau de perfeição a que chegaram.

97 Há um número determinado de ordens ou de graus de perfeição entre os Espíritos?
– O número é ilimitado. Não há entre essas ordens uma linha de demarcação como limite, e, assim, as divisões podem ser multiplicadas ou restringidas à vontade. No entanto, considerando-se as características gerais, podem reduzir-se a três principais.
Em primeiro lugar, os que chegaram à perfeição: os Espíritos puros. Os da segunda ordem são os que atingiram o meio da escala: o desejo do bem é sua preocupação. Os do último grau, ainda no início da escala, são os Espíritos imperfeitos, caracterizados pela ignorância, pelo desejo do mal e por todas as más paixões que retardam seu adiantamento.

98 Os Espíritos da segunda ordem têm apenas o desejo do bem, ou terão também o poder de praticá-lo?
– Têm esse poder segundo o grau de sua perfeição: uns têm a ciência, outros a sabedoria e a bondade, mas todos ainda têm provas a cumprir.

99 Os Espíritos da terceira ordem são todos essencialmente maus?
– Não; uns não fazem o bem nem o mal; outros, ao contrário, se satisfazem no mal e sentem prazer quando encontram a ocasião de o fazer. E há ainda os Espíritos levianos ou zombadores, mais brincalhões do que maus, que se satisfazem antes na malícia do que na maldade e que encontram prazer em mistificar e causar pequenas contrariedades das quais se riem.

4 de dez de 2011

REFLEXÕES

ALEGRIA

Alegria é o cântico das horas com que Deus te afaga a passagem no mundo.

Em toda parte, desabrocham flores por sorrisos da natureza e o vento penteia a cabeleira do campo com música de ninar.

A água da fonte é carinho liqüefeito no coração da terra e o próprio grão de areia, inundado de sol, é mensagem de alegria a falar-te do chão.

Não permitas, assim, que a tua dificuldade se faça tristeza entorpecente nos outros.

Ainda mesmo que tudo pareça conspirar contra a felicidade que esperas, ergue os olhos para a face risonha da vida que te rodeia e alimenta a alegria por onde passes.

Abençoa e auxilia sempre, mesmo por entre lágrimas.

A rosa oferece perfume sobre a garra do espinho e a alvorada aguarda, generosa, que a noite cesse para renovar-se diariamente, em festa de amor e luz.

Autor: Meimei
Psicografia de Chico Xavier