30 de abr de 2012

REUNIÕES PÚBLICAS

MAIO DE 2012


3ª feira, 14h




Dia 1 - Tema 1 : Uma realeza terrestre- ESE, II,8  - Sylvia Maria
            Tema 2 : Das ocupações e missões dos Espíritos LE. 561a 563


Dia 8 -Tema 1 : Categoria dos mundos ESE, III, 3 a 5-Gilberto

         Tema 2 : Das ocupações e missões dos Espíritos LE, 564 a 566- Luiz Fernado



Dia 15 - Tema : Mundo de expiações e provas ESE, 13 a 15- Maria Fausta

Comentário : Sinal Verde ,lição 6 - Alice Maria



Dia 22-Tema : O Passe - Joaquim Couto


Dia 29 -Tema : A Caminho da Luz- Ivone Maria
Comentário : Sinal Verde ,lição 8 Maria Inês


6ª Feira - 20h



Dia 04 - Tema : A alma na erraticidade - ESE,II,1e 2- Nilza


Comentário : Sinal Verde ,lição 5 - Maria Inês


Dia 11 - Tema 1 : Destinação da Terra ESE ,III 6 e 7 - Bernardo


Tema 2 : Das ocupações e missões dos Espíritos LE, 567 a 569 - Karina



Dia 18 - Tema :Crianças no além- Adriano Almeida



Dia 25 -Tema : Vida e atos dos apóstolos - Ângela Vidal




Sábado - 17:30



Dia 05 - Tema: Aprendendo com André Luiz - Wantuil Rodrigues


Dia 12 - Tema : Lei de Liberdade - João Marcos Delou



Dia 19 - Tema : Mundos inferiores e superiores ESE,III 8 A 12- Ivone Maria

Comentário : Sinal Verde, lição 7 - Elisa



Dia 26 - Tema 1 : Mundos regeneradores, ESE 16 a 18 - Maria Cristina

Tema 2 :Das ocupações e missões dos espíritos LE, 570 a 573- Sara

19 de abr de 2012

REFLEXÕES


Sinal Verde pelo Espírito de André Luiz
Psicografado por Francisco Cândido Xavier


VISITAÇÃO A DOENTES

A visita ao doente pede tato e compreensão.
Abster-se de dar a mão ao enfermo quando a pessoa for admitida à presença dele,
com exceção dos casos em que seja ele quem tome a iniciativa.
Se o visitante não é chamado espontaneamente para ver o doente, não insistirá
nisso, aceitando tacitamente os motivos imanifestos que lhe obstam semelhante contato.
Toda conversa ao pé de um doente, exige controle e seleção.
Evitar narrações ao redor de moléstias, sintomas, padecimentos alheios e
acontecimentos desagradáveis.
Um cartão fraterno ou algumas flores, substituindo a presença, na hipótese de
visitação repetida, em tratamentos prolongados, constituem mananciais de vibrações
construtivas.
Conquanto a oração seja bênção providencial, em todas as ocasiões, o tipo de
assistência médica, em favor desse ou daquele enfermo, solicita apreço e acatamento.
Nunca usar voz muito alta em hospital ou em quarto de enfermo.
Por mais grave o estado orgânico de um doente, não se lhe impor vaticínios acerca
da morte, porquanto ninguém, na Terra, possui recursos para medir a resistência de alguém,
e, para cada agonizante que desencarna, funciona a Misericórdia de Deus, na Vida Maior,
através de Espíritos Benevolentes e Sábios que dosam a verdade em amor, em benefício
dos irmãos que se transferem de plano.
Toda visita a um doente - quando seja simplesmente visita -, deve ser curta.

16 de abr de 2012

LANÇAMENTO DE LIVRO



Espiritismo Tudo o Que Você Precisa Saber -

Autor :Richard Simonetti


É um livro de perguntas e respostas. O autor selecionou, dentre milhares formuladas em reuniões de iniciação, as principais indagações sobre a Doutrina Espírita.
Destaque para assuntos de atualidade, como doação de órgãos, pena de morte, ecologia, eutanásia, vícios, aborto, suicídio, pena de morte, planejamento familiar...
Com a consagrada clareza e a objetividade que caracterizam sua produção literária, Richard Simonetti oferece ao leitor uma visão panorâmica dos principais espíritas. É valioso manual para iniciantes e um convite à reflexão para os iniciados."

Indicado !

EVANGELIZAÇÃO INFANTO JUVENIL


IMPORTÂNCIA DA EVENGELIZAÇÃO INFANTO JUVENIL


A Evengelização infanto juvenil é,como sabemos,de máxima relevância para o movimento espírita, por serem a criança e o jovem de hoje, o homem de amanhã.

Nossa casa, oferece este serviço aos sábados, as 15h20 com evangelização infantil e reunião de estudos para os pais e as 17h com a evangelização para os jovens.

Traga seus filhos !

Trazemos, com o intuito de uma melhor reflexão sobre o assunto em pauta, uma mensagem psicografada de Dr. Bezerra de Menezes sobre a evangelização.

Muita Paz !


EVANGELIZAR

Ao término do século XX, o século chamado das luzes, estamos convocando os obreiros de boa vontade para a tarefa divina de evangelizar.

Evangelho é sol nas almas, é luz no caminho dos homens, é elo abençoado para união perfeita.

Evangelizemos nossos lares, meus filhos, doando à nossa família a bênção de hospedarmos o Cristo de Deus em nossas casas.

A oração em conjunto torna o lar um santuário de amor onde os espíritos mais nobres procuram auxiliar mais e mais, dobrando os talentos de luz que ali são depositados.

Evangelizemos nossas crianças, espíritos forasteiros do infinito em busca de novas experiências, à procura da evolução espiritual.

Sabemos que a Terra é um formoso Educandário e o Mestre Divino, de sua cátedra de Amor, exemplifica pela assistência constante, o programa a ser tratado.

Evangelizemos nossos companheiros de trabalho, pelo exemplo na conduta nobre, pelo perdão constante.

Evangelizemo-nos, guardando nossas mentes e nossos corações na bênção dos ensinos sublimes.

Estamos na Terra mas alistamo-nos nas fileiras do Cristianismo para erguemos bem alto a bandeira de luz do Mestre Divino: “Amai-vos uns aos outros como vos tenho amado”.

Evangelizemos.

Os tempos são chegados, os corações aflitos pedem amparo, os desesperados suplicam luz.

Há um grito que ressoa pelo infinito!

Pai, socorre-nos!

Filhos, somente através do Evangelho vivido à luz da Doutrina Espírita, encontrará o homem a paz, a serenidade e o caminho do amor nobre.

Conclamamos os corações de boa vontade:

Evangelizem;

Evangelizemos.

Acendamos a luz dos ensinos divinos para que a Terra se torne um sol radioso no infinito, conduzindo uma Família humana integrada nos princípios da vida em hosanas ao seu Criador.

Filhos, peçamos ao Pai inspiração e prossigamos para o alto porquanto somente Cristo com o Seu saber e o Seu coração de luz poderá iluminar nossos caminhos.


Autor: Bezerra de Menezes
Psicografia de Maria Cecília Paiva

10 de abr de 2012

POR DENTRO DO MOVIMENTO ESPÍRITA


9° SEMINÁRIO BENEFICENTE - Comemorando os 85 anos de Divaldo Franco

RESERVE JÁ SEU CRACHÁ E GARANTA SEU LUGAR
NESTE EVENTO IMPERDÍVEL

ESTE ANO TAMBÉM PODE COMPRAR PELO SITE COM BOLETO OU CARTÃO DE CRÉDITO

O MAP-MOVIMENTO DE AMOR AO PRÓXIMO realizará no domingo dia 29 de abril de 2012, das 9:30 às 13:30 horas o 9º Seminário Beneficente Divaldo Franco tendo como tema:"Oração, Meditação, Perdão, Auto Perdão." Tesouros que Proporcionam a Felicidade.

Será um evento imperdível a ser realizado no CITIBANK HALL , Av. Ayrton Senna 3000 - Barra da Tijuca - RJ - VIA PARQUE SHOPPING - . Garanta sua presença adquirindo o crachá que dará direito a receber um livro do Divaldo Franco no dia do Seminário. O crachá custa apenas R$ 45,00 (Quarenta e cinco reais) pela Internet (Incluso despesas de venda pela Internet) e também poderá ser adquirido em nossos polos e várias instituições do Rio de Janeiro por R$ 40,00 (quarenta reais) pessoalmente. Entre em contato com o MAP (Estrada do Pau Ferro, 325 - Pechincha - Jacarepaguá), através dos telefones 3392-5600 e 3392-5700 ou pelo e-mail livraria@map.org.br, contato@map.org.br, mais informações acesse:

www.map.org.br


PARA QUEM NÃO CONHECE, UM POUCO DO DIVALDO FRANCO:

Seu currículo revela um exímio e devotado educador com mais de 600 filhos adotivos e mais de 200 netos, atendendo atualmente a cerca de 3.000 crianças, adolescentes e jovens de famílias de baixa renda, por dia, em regime de semi-internato e externato.

Orador com mais de 11.000 conferências, em mais de 2.000 cidades em todo o Brasil e em 62 países, concedendo mais de 1.100 entrevistas de rádio e TV, em mais de 450 emissoras. Recebeu mais de 700 homenagens, de instituições culturais, sociais, religiosas, políticas e governamentais.

Como médium, publicou 202 livros, com mais de 8 milhões de exemplares, onde se apresentam 211 Autores Espirituais, muitos deles ocupando lugar de destaque na literatura, no pensamento e na religiosidade universais. Dessas obras, houve 92 versões para 16 idiomas.

Mais informações acesse: www.map.org.br/divaldofranco

CANTINHO DA POESIA


O Trabalho dos Guias

Poema de Casemiro de Abreu


Quando sentires da tristeza o véu
Cobrir-te a alma a soluçar de dor,
Tudo perdido, as esperanças mortas,
A vida escura sem nenhum calor...

Quando sentires, nessas noites longas,
Que a tua alma em sofrimento atroz
Perdeu o rumo, como perde o barco
Por entre a onda em vendaval feroz...

E na amargura em que tu te consomes
Ninguém te ajuda, nem um peito só;
E quando vires que os amigos falsos,
Inda te cobrem de mais lodo e pó...

É nesse instante que na escuridão
(Anjo celeste que enviou Jesus!)
Alguém o pranto que teus olhos vertem,
Aflito enxuga irradiando luz!,

Anjo da Guarda de bondade imensa,
Cuja missão é dirigir-te o passo,
Contigo sofre porque não o ouviste,
E te atiraste ao traiçoeiro laço!

Oh! Quantas vezes! Quantas vezes! Quantas!
Tu, fascinado com a ilusão do mundo,
Ouviste o Anjo segredar baixinho:
"Foge depressa, que o abismo é fundo!"

Cumpre este Anjo sob a Luz do Cristo
Missão sublime que lhe deu Maria:
A de velar-te - não importa a hora,
Seja de noite, madrugada ou dia!

Quantas virtudes seu trabalho exige
Para realizar-se em teu escuro mundo:
Dedicação, que nem as mães possuem!
A humildade e um amor profundo!

Nos manicômios, no asilo ou creches,
Nos hospitais ou nas prisões cruéis,
Todos que sofrem nunca estão sozinhos,
Nem mesmo as moças dos fatais bordéis!

Por que não tentas conversar com o Guia?
Ouvi-lo podes através da mente!
E Anjo da Guarda tem visão do Cosmos!
E vê além deste viver presente!

Assim fazendo, encurtarás as provas
Que se acumulam no passar do dia;
Adeus tristezas, sofrimento, tédio!
Ouve inda hoje a sábia voz do Guia!

Psicografado por Jorge Rizzini

7 de abr de 2012

FELIZ PÁSCOA

Caros amigos,




Que o legado de Amor que o Mestre Jesus nos deixou, possa nos auxiliar em nossa renovação, sempre...a caminho da evolução !!

Alegria em nossos corações e Paz!!!


Boa Páscoa !



4 de abr de 2012

Estudando o" Livro dos Espíritos "



Em abril comemoramos o Mês do Livro Espírita, em homenagem a Allan Kardec e a publicação de "O Livro dos Espíritos".

Parte Segunda – Mundo espírita ou dos espíritos
Capítulo 1 – dos Espíritos







107 Características gerais – Predominância do Espírito sobre a matéria; desejo do bem. Suas qualidades e poder para fazer o bem estão em conformidade com o grau que alcançaram. Uns têm a ciência; outros, a sabedoria e a bondade. Os mais adiantados reúnem o saber às qualidades morais. Não estando ainda completamente desmaterializados, conservam mais ou menos, de acordo com sua categoria, os traços da existência corporal, tanto na forma da linguagem quanto nos costumes, entre os quais se identificam algumas de suas manias. Não fosse por isso, seriam Espíritos perfeitos.
Compreendem Deus e o infinito e já gozam da felicidade dos bons; são felizes pelo bem que fazem e pelo mal que impedem. O amor que os une é uma fonte de felicidade indescritível que não é alterada pela inveja, pelo remorso, nem por nenhuma das más paixões que fazem o tormento dos Espíritos imperfeitos. Mas todos ainda têm que passar por provas até que atinjam a perfeição absoluta.
Como Espíritos, sugerem bons pensamentos, desviam os homens do caminho do mal, protegem a vida daqueles que se tornam dignos e neutralizam a influência dos Espíritos imperfeitos sobre os que não têm por que passar por ela.
Quando encarnados são bons e benevolentes com os seus semelhantes. Não são movidos pelo orgulho, egoísmo, nem ambição. Não sentem ódio, rancor, inveja ou ciúme e fazem o bem pelo bem.
A esta ordem pertencem os Espíritos designados nas crenças populares pelos nomes de gênios bons, gênios protetores, Espíritos do bem. Nos tempos de superstições e ignorância, foram tidos como divindades benfazejas.
Pode-se dividi-los em quatro grupos principais:
108 Quinta classe. Espíritos Benevolentes – Sua qualidade dominante é a bondade; satisfazem-se em prestar serviços aos homens e em protegê-los, mas seu saber é limitado. Seu progresso é maior no sentido moral do que no intelectual.
109 Quarta classe. Espíritos Prudentes ou Sábios – O que os distingue especialmente é a abrangência de seus conhecimentos. Preocupam-se menos com as questões morais do que com as científicas, para as quais têm mais aptidão. Mas consideram a ciência somente do ponto de vista da utilidade, livre das paixões que são próprias dos Espíritos imperfeitos.
110 Terceira classe. Espíritos de Sabedoria – As qualidades morais do mais elevado grau formam seu caráter. Sem ter conhecimentos ilimitados, são dotados de uma capacidade intelectual que lhes dá um julgamento preciso e sábio sobre os homens e as coisas.
111 Segunda classe. Espíritos Superiores – Reúnem a ciência, a sabedoria e a bondade. Sua linguagem revela sempre a benevolência e é constantemente digna, elevada, muitas vezes sublime. Sua superioridade os torna mais aptos que os outros para nos dar noções mais justas sobre as coisas do mundo incorpóreo, dentro dos limites do que é permitido ao homem conhecer. Comunicam-se benevolentemente com os que procuram de boa-fé a verdade e que têm a alma já liberta dos laços terrestres para compreendê-la. Mas se afastam dos que são movidos apenas pela curiosidade ou dos que a influência da matéria desvia da prática do bem.
Quando, por exceção, encarnam na Terra, é para realizar uma missão de progresso e nos oferecem, então, o modelo de perfeição a que a humanidade pode aspirar neste mundo.