28 de ago de 2012

MINUTOS DE SABEDORIA



28-VISITE os pobres e enfermos.Pelo menos uma vez por se mana dedique algumas horas a consolar umcoração aflito.O consolo que você levar, mesmo com sacrifício de sua parte, é agarantia de que está cumprindo um dever de cristão e de homem.Não espere que o procurem, para agir fraternalmente, ampa rando osfracos e confortando os tristes.Nem pense que você está dan do mais do que recebe: quem consola umcoração triste, na realidade recebe muito mais do que dá.

Torres Pastorino

23 de ago de 2012

REFLEXÕES




NA VIA PÚBLICA
A rua é um departamento importante da escola do mundo, onde cada criatura pode
ensinar e aprender.
Encontrando amigos ou simples conhecidos, tome a iniciativa da saudação, usando
cordialidade e carinho sem excesso.
Caminhe em seu passo natural dentro da movimentação que se faça precisa, como
se deve igualmente viver: sem atropelar os outros.
Se você está num coletivo, acomode-se de maneira a não incomodar os vizinhos.
Se você está de carro, por mais inquietação ou mais pressa, atenda às leis do trânsito
e aos princípios do respeito ao próximo, imunizando-se contra males suscetíveis de lhe
amargurarem por longo tempo.
Recebendo as saudações de alguém, responda com espontaneidade e cortesia.
Não detenha companheiros na vida pública, absorvendo-lhes tempo e atenção com
assuntos adiáveis para momento oportuno.
Ante a abordagem dessa ou daquela pessoa, pratique a bondade e a gentileza,
conquanto a pressa, freqüentemente, esteja em suas cogitações.
Em meio às maiores exigências de serviço, é possível falar com serenidade e
compreensão, ainda mesmo por um simples minuto.
Rogando um favor, faça isso de modo digno, evitando assobios, brincadeiras de
mau gosto ou frases desrespeitosas, na certeza de que os outros estimam ser tratados com o
acatamento que reclamamos para nós.
Você não precisa dedicar-se à conversação inconveniente, mas se alguém
desenvolve assunto indesejável é possível escutar com tolerância e bondade, sem ferir o
interlocutor.
Pessoa alguma, em sã consciência, tem a obrigação de compartilhar perturbações ou
conflitos de rua.
Perante alguém que surja enfermo ou acidentado, coloquemo-nos, em pensamento,
no lugar difícil desse alguém e providenciemos o socorro possível.







Sinal Verde pelo Espírito de André Luiz
Psicografado por Francisco Cândido Xavier

12 de ago de 2012

MOMENTO CEAO




Amigos,


No dia 25 deste mês de agosto, o CEAO completará 89 anos de sua fundação .

É com muito carinho , alegria e gratidão que trabalhamos nesta casa de Amor , junto com a equipe espiritual que lá atua também em prol do nossos irmãos que chegam com suas dores maiores e em prol de nós mesmos....

Estaremos comemorando essa data tão significativa para com a nossa 28ª Jornada de Cultura Espírita c convidamos a todos para virem compartilhar esta alegria conosco. É só chegar ! Observem a programação .






9 de ago de 2012

Estudando o" Livro dos Espíritos "



Parte Segunda – Capítulo 2
Encarnação dos espíritos
Objetivo da encarnação – A alma – Materialismo
Objetivo da encarnação
132 Qual é o objetivo da encarnação dos Espíritos?
– A Lei de Deus lhes impõe a encarnação com o objetivo de fazê-los chegar à perfeição. Para uns é uma expiação; para outros é uma missão. Mas, para chegar a essa perfeição, devem sofrer todas as tribulações da existência corporal: é a expiação. A encarnação tem também um outro objetivo: dar ao Espírito condições de cumprir sua parte na obra da criação. Para realizá-la é que, em cada mundo, toma um corpo em harmonia com a matéria essencial desse mundo para executar aí, sob esse ponto de vista, as determinações de Deus, de modo que, concorrendo para a obra geral, ele próprio se adianta.
☼ A ação dos seres corpóreos é necessária à marcha do universo. Deus, em sua sabedoria, quis que, numa mesma ação, encontrassem um meio de progredir e de se aproximar Dele. É assim que, por uma lei admirável da Providência, tudo se encadeia, tudo é solidário na natureza.
133 Os Espíritos que, desde o princípio, seguiram o caminho do bem, têm necessidade da encarnação?
– Todos são criados simples e ignorantes e se instruem nas lutas e tribulações da vida corporal. Deus, que é justo, não podia fazer só alguns felizes, sem dificuldades e sem trabalho e, por conseguinte, sem mérito.
133 a Mas, então, de que serve aos Espíritos seguirem o caminho do bem, se isso não os livra das dificuldades da vida corporal?
– Eles chegam mais rápido à finalidade a que se destinam; e, depois, as dificuldades da vida são muitas vezes a conseqüência da imperfeição do Espírito. Quanto menos imperfeições, menos tormentos. Aquele que não é invejoso, ciumento, avarento ou ambicioso não sofrerá com os tormentos que procedem desses defeitos.

POR DENTRO DO MOVIMENTO ESPÍRITA

Todos os anos no mês de Agosto comemoramos o “Mês de Bezerra de Menezes” , por ter sido o mês de seu nascimento((Riacho do Sangue, 29 de agosto de 1831 )




E na nossa comemoração, aqui , deste ano , viemos trazendo em homenegem à este espírito Benevolente, ilumunado ,expoente da doutrina no Brasil, compadecido das dores maiores do Povo Brasileiro,PARA NOSSAS REFLEXÕES, esta mensagem psicofônica recebida pelo médium Divaldo Franco, no encerramento de sua palestra na noite de 2 de Agosto de 2012 no Grupo Espírita André Luiz, RJ/Brasil


Súplica de Amor Bezerra de Menezes

Tu, que nos convidaste para o banquete da Boa Nova, embora não


... dispuséssemos da túnica nupcial, aceitamos a invitação, e aqui estamos.



Tu, que nos convidaste para trabalhar na Tua vinha, embora não tivéssemos



condições hábeis para o bom serviço, e assim mesmo nos aceitaste.



Tu, que nos foste buscar perdidos no abismo, depois que tresmalhamos do



Teu rebanho, e a ele retornamos.



Tu, sublime amigo dos desventurados, que nunca Te cansaste de chamar-nos



ao seio da Tua misericórdia, em nome de Deus, e sempre acompanhas o nosso sucesso



dominado pela compaixão, novamente abres os Teus braços, para que repousemos no


Teu regaço.



Jesus!


Temos sede de paz.



Anelamos pelo encontro com a saúde integral que somente existe no Teu



afável coração.



Permite que, deste conúbio em que desces até nós, e nos mimetizas com



as Tuas energias santas, possamos representar-Te em qualquer lugar por onde



deambulemos, dizendo a todos que somos os Teus discípulos, fracamente fiéis,



carregando o madeiro das próprias aflições.



Jesus, Tu que nos amas, ajuda-nos a aprender a amar, de tal forma que a Tua



presença em nós anule a dominação arbitrária das nossas paixões, e sejas Tu a dominar-



nos interiormente, como um dia penetraste no Teu discípulo, o cantor das gentes, por



intermédio de quem passaste a cantar a Tua mensagem.



Segue conosco Senhor, e ajuda-nos a conquistar o nosso mundo interior para



que o Teu reino se estabeleça em nós, e se prolongue por toda a Terra.


Filhos da alma,

Eia, agora! Não depois, nem amanhã, nem mais tarde. O processo de


transformação íntima deve começar neste instante, sem recidivas no mal, sem retorno às


situações embaraçosas e perturbadoras.


O Mestre conta conosco na razão direta em que contamos com Ele.



Que brilhe, portanto, em nós, a luz que vem dEle, apagando por completo a



treva teimosa que permanece nas paisagens do nosso coração.



Bezerra





5 de ago de 2012

REUNIÕES PÚBLICAS



Agosto de 2012

3ª feira, 14h

Dia 7 - Tema 1 : Perda de pessoas amadas-, ESE,v 21- Maria Fausta

Tema 2: Sinal Verde Lição 21 - Maria Inês



Dia 14 - Tema 1: Os tormentos voluntários - ESE,V, 23- Maria José

Tema 2: Sacrifícios, LE, 669 - Luiz Fernando



Dia 21 - Equipe mediúnica - Luzia Mathias



Dia 28 - Tema 1: A melancolia -ESE,V,25- Sylvia Maria

Tema 2: Dramas da obsessão- Ivone Maria


6ª feira, 20h

Dia 3 - Tema 1: Sinal Verde, Lição 20- Maria Inês

Tema 2: Nossas escolhas - Nilza Erich



Dia 10 - Se fosse homem de bem teria morrido- ESE V,22 - Gilberto Marques


Tema 2: A prece - LE , 662 a 666  -Karina



Dia 17 - Tema 1: Sinal Verde, Lição 22 - Walkyria

Tema 2: A  felicidade não é deste mundo, ESE, V, 20 - Bruno


Dia 24 - Vida e Atos dos Apóstolos - Ângela Vidal


Dia 31 - Necessidade de trabalho-LE, 674 a 681 -Alice Bandeira de Melo


Sábado, 17:30

Dia 4 - Aprendendo com André Luiz - Wantuil Rodrigues



Dia 11- Bezerra de Menezes e sua missão no Brasil - Jurema Célia



Dia 18 -Tema 1: Sinal Verde, Lição 23 - Kainã

Tema 2: Provas voluntárias, ESE, V, 26 - Ivone Maria



Dia 25- Tema : Os chamados de Jesus- Álvaro Chrispino