19 de dez de 2014

CANTINHO DA POESIA

ORAÇÃO DE NATAL
(ode às virtudes)


Que no natal
Não faltem sonhos
Já que os sonhos impulsionam nossas vidas

Que no natal
Não falte a educação
Já que, educada, a humanidade prospera

Que no natal
Não falte a caridade
Porque com caridade, cessarão todas as fomes

Que no natal
Não falte o respeito
Porque havendo respeito, a convivência será harmônica

Que no natal
Não falte a fraternidade
Porque irmanados, não faremos guerras

Que no natal
Não falte a solidariedade
Porque solidários, nos fortaleceremos

Que no natal
Não falte dignidade
Vez que, havendo dignidade, seremos, de fato, humanos

Que no natal
Não falte amizade
Porquanto havendo amizade, não haverá solidão

Que no natal
Não falte o perdão
Pois havendo perdão, não haverá vinganças

Que no natal
Não falte a esperança
Pois havendo esperança, buscaremos, constantemente, novas alegrias

Que no natal
Não falte o amor
Pois reinando o amor, o ódio não terá lugar

E que as virtudes se espalhem
Por todos os dias
E por todas as criaturas
Para que todos os dias sejam
Verdadeiramente
Natal.

Amém!


Oldney Lopes

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Gostou? Comenta.