22 de mar de 2017

DIA INTERNACIONAL DA ÁGUA

"A água, no mundo, não somente carreia os resíduos dos corpos, mas também as expressões de nossa vida mental.
Será nociva nas mãos perversas, útil nas mãos generosas e, quando em movimento, sua corrente não só espalhará bênçãos de vida, mas constituirá igualmente um veículo da Providência Divina, absorvendo amarguras, ódios e ansiedades dos homens, lavando-lhes a casa material e purificando-lhes a atmosfera íntima."

André Luiz (do livro Nosso Lar - Psicografia de Chico Xavier)

20 de mar de 2017

ESTUDANDO O LIVRO DOS ESPÍRITOS

SEGUNDA PARTE - CAPÍTULO VIII
EMANCIPAÇÃO DA ALMA

      439. Qual a diferença entre o êxtase e o sonambulismo?
        — O êxtase é um sonambulismo mais apurado; a alma do extático é  mais independente.
       440. O Espírito do extático penetra realmente nos mundos superiores?
       — Sim, ele os vê e compreende a felicidade dos que os habitam; é por isso que desejaria permanecer neles. Mas ha mundos inacessíveis aos Espíritos que não estão bastante depurados.
       441. Quando o extático exprime o desejo de deixar a Terra, fala sinceramente e não o retém o instinto de conservação?
       — Isso depende do grau de depuração do Espírito; se ele vê a sua posição futura melhor que a vida presente, faz esforços para romper os laços que o prendem à Terra.
       442. Se abandonarmos o extático a si mesmo, sua alma poderá abandonar definitivamente o corpo?
       — Sim, ele pode morrer e por isso é necessário chamá-lo, por meio de  tudo o que pode prendê-lo a este mundo e sobretudo fazendo-lhe entrever que, se quebrasse a cadeia que o retém aqui, seria esse o verdadeiro meio de não ficar lá, onde vê que seria feliz.
      443. Há coisas que o extático pretende ver e que não são evidentemente o produto de uma imaginação excitada pelas crenças e preconceitos terrenos.  tudo o que ele vê não é então real?
      — O que ele vê é real para ele; mas, como o seu Espírito está sempre sob a influência das idéias terrenas, ele pode ver à sua maneira ou, melhor dito, exprimir numa linguagem de acordo com os seus preconceitos e com as idéias em que foi criado, ou com as vossas, afim de melhor se fazer compreender. E sobretudo nesse sentido que ele pode errar.
      444. Qual o grau de confiança que se pode depositar nas revelações dos extáticos?
      — O extático pode enganar-se muito freqüentemente, sobretudo quando ele quer penetrar aquilo que deve permanecer um mistério para o homem porque então se abandona às suas próprias idéias ou se torna joguete de Espíritos enganadores que se aproveitam do seu entusiasmo para o fascinar
      445. Que conseqüências se podem tirar dos fenômenos do sonambulismo e do êxtase? Não seriam uma espécie de iniciação à vida futura?
     — Ou, melhor dito, é a vida passada e a vida futura que o homem entrevê. Que ele estude esses fenômenos e neles .encontrará a solução de mais de um mistério que a sua razão procura inutilmente penetrar.
      446. Os fenômenos do sonambulismo e do êxtase poderiam acomodar-se ao materialismo?
      — Aquele que os estuda de boa-fé e sem prevenções não pode ser materialista nem ateu.

8 de mar de 2017

DIA INTERNACIONAL DA MULHER

Da Mulher
Compenetrar-se do apostolado de guardiã do instituto da família e da sua elevada tarefa na condução das almas trazidas ao renascimento físico.

Todo compromisso no bem é de suma importância no mundo espiritual.

Afastar-se de aparências e fantasias, consagrando-se às conquistas morais que falam de perto à vida imperecível, sem prender-se ao convencionalismo absorvente.

O retorno à condição de desencarnado significa retorno à consciência profunda.

Afinar-se com os ensinamentos cristãos que lhe situam a alma nos serviços da maternidade e da educação, nos deveres da assistência e nas bênçãos da mediunidade santificante. Quem foge à oportunidade de ser útil, engana a si mesmo.

Sentir e compreender as obrigações relacionadas com as uniões matrimoniais do ponto de vista da vida multimilenária do Espírito, reconhecendo a necessidade das provações regenerativas que assinalam a maioria dos consórcios terrestres.

O sacrifício representa o preço da alegria real.

Opor se a qualquer artificialismo que vise transformar o casamento numa simples ligação sexual, sem as belezas da maternidade.

Junto aos filhos apagam-se ódios, sublima-se o amor e harmonizam-se as almas para a eternidade.

Reconhecer grave delito no aborto que arroja o coração feminino à vala do infortúnio.

Sexo desvirtuado, caminho de expiação.

Preservar os valores íntimos, sopesando as próprias deliberações com prudência e realismo, em seus deveres de irmã, filha, companheira e mãe.

O trabalho da mulher é sempre a missão do amor, estendendo-se ao infinito.

"E, respondendo, disse-lhe Jesus: - Marta, Marta estás ansiosa e afadigada com muitas coisas, mas uma só é necessária; e Maria escolheu a boa parte, a qual não lhe será tirada." (Lucas, 10:41 e 42)

VIEIRA, Waldo. Conduta Espírita. Pelo Espírito André Luiz. FEB.

Fonte: http://www.reflexoesespiritas.org/

2 de mar de 2017

REUNIÕES PÚBLICAS

Terças - 14 h
DIA
TEMA
EXPOSITOR
DIRIGENTE
07
A porta estreita - ESE, XVIII, 3 a 5
Sylvia Maria
Selma
14
Ocupações dos Espíritos - LE, 568 a 584
Luiz Fernando
Dircileide
21
Gotas de Esperança - lição 210
Wilson
Evalda
Importância da Evangelização Infantil
Ivone Maria
28
O sono e os sonhos - LE,400 a 412
Maria Fausta
Sylvia Maria
Sextas - 20h
03
Intervenção da Ciência no Espiritismo - Revista Espírita,jun/1859 e - LE, Introdução VII
Heloíse
Walkyria
10
Parábola dos Talentos - ESE, XVI, 6
Adauto Valverde
Nancy Salles
17
As virtudes eos vícios - LE,893 a 906
Ângela Vidal
Heloíse
24
Gotas de Esperança - lição 121
Walkyria
Gilberto Marques
A providência divina - GE, II, 20 a30
Nancy Salles
31
Relações de simpatia e antipatia entre os espíritos - LE, 291 a 303a
Nilza de Souza
Ângela Vidal
Sábado - 17h:30min
04
Aprendendo com André Luiz
WantuilRodrigues
Sylvia Maria
11
Gotas de Esperança - lição 79
Pedro Henrique
Sara Castelo
Importância da Evangelização Infantil
Karina Ocanha
18
Influência dos espíritos sobre os acontecimentos da vida - LE, 525 a 535b
Sylvia Maria
Maria Cristina
25
Parábola do Semeador - ESE, XVII, 5 a 6
Odiléa Ferraz
Walkyria